Estamos construindo nosso Blog. A idéia é registrar frases, pensamentos pescadas em filmes, livros, televisão e no dia a dia. Vamos precisar muito de sua ajuda, de sua participação. Curta, sugira, comente e mais ainda: coloque as suas próprias frases. Seja bem-vindo!

27/09/2012

O Pequeno Príncipe - Frases de Livros com Fotos



As melhores fotos com frases do livro O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry
O Pequeno Príncipe conta a estória do encontro de uma aviador
que tem seu avião quebrado, com uma criança , um pequeno príncipe, no m
eio de um deserto. Nesse breve encontro conversam sobre as coisas mais essenciais da vida.
Esse é o livro mais vendido escrito em língua francesa e é a terceira obra mais traduzida no mundo.
Amo este livro feito de frases simples e verdades mais simples ainda.
Sempre recorro a ele quando estou triste, quando me desiludo. É muito bom.


Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-os olhos são cegos é preciso buscar com o coração
Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-essencial-o que eu vejo é uma casca-aparência enganosa
Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-cativar-conquistas-responsabilidade Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-interesseiro-número-as pessoas gostam de númerosFrases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-autoridade-razão-coerência Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-chatear-triste-chorar um pouco-apaixonarFrases de livro-morte-morrer-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-moFrases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-mistério-dogma-fé Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-o essencial é invisível aos olhos Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-vaidade-vaidosos-Frases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-andar sempre para a frente-não olhar para trásFrases de livro-frases do pequeno príncipe-antoine exupery-coragem-generosidade-tolerância

LEGENDAS
Mas as sementes são invisíveis. 
Elas dormem no segredo da terra até que uma cisme de despertar. 
Então ela espreguiça, e lança timidamente para o sol um inofensivo galhinho. 
Se for de roseira ou rabanete,  podemos deixar que cresça a vontade. 
Mas quando se trata de uma planta ruim, é preciso arrancar logo, 
mal a tenhamos conhecido.

- É uma questão de disciplina, me disse mais tarde o príncipezinho. 
Quando a gente acaba a toalete da manhã, começa a fazer com cuidado a toalete do planeta. 
É preciso que a gente se conforme em arrancar regularmente os baobás 
logo que se distingam das roseiras, com as quais muito se parecem quando pequenos.
 É um trabalho sem graça, mas de fácil execução 

- Eu conheço um planeta onde há um sujeito vermelho, quase roxo. 
Nunca cheirou uma flor. Nunca olhou uma estrela. Nunca amou ninguém. 
Nunca fez outra coisa senão somas. E o dia todo repete como tu : 
« Eu sou um homem sério! Eu sou um homem sério ! » e isso o faz inchar-se de orgulho. 
Mas ele não é um homem; é um cogumelo! 

 Não soube compreender coisa alguma! Devia tê-la julgado pelos atos, não pelas palavras. 
Ela me perfumava e me iluminava... Não devia jamais ter fugido. 
Deveria ter-lhe adivinhado a ternura sob os seus pobres ardis. 
São tão contraditórias as flores! Mas eu era jovem demais para saber amar ». 

- É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. ... 
Quanto aos bichos grandes, não tenho medo deles. Eu tenho as minhas garras. -


 É preciso exigir de cada um, o que cada um pode dar, replicou o rei. 
A autoridade repousa sobre a razão. 
Se ordenares a teu povo que ele se lance ao mar, farão todos revolução.  

É bem mais difícil julgar a si mesmo que julgar os outros. 
Se conseguires julgar-te bem, eis um verdadeiro sábio. 

Para os vaidosos, os outros homens são sempre admiradores. 

Que quer dizer « cativar »?
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. Significa « criar laços... »
- Criar laços ?.
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual
 a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim.
 Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. 
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. 
Serás para mim único no mundo. 
E eu serei para ti única no mundo...

- Minha vida é monótona. Eu caço as galinhas e os homens me caçam. 
Todas as galinhas se parecem e todos os homens se parecem também. 
E por isso eu me aborreço um pouco. 
Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. 
Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. 
Os outros passos me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora da toca,
 como se fosse música. 

Vês, lá longe, os campos de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. 
Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! 
Mas tu tens cabelos cor de ouro. Então será maravilhoso quando me tiveres cativado.
O trigo, que é dourado, fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento no trigo... 

Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. 
Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos.  

Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. 
Quanto mais a hora for chegando, mais eu me sentirei feliz. 
Às quatro horas, então, estarei inquieta a agitada: descobrirei o preço da felicidade! 
Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o coração... 
É preciso ritos. 

- Sois belas, mas vazias, disse ele ainda: Não se pode morrer por vós. 
Minha rosa, sem dúvida um transeunte qualquer pensaria que se parece convosco.
Ela sozinha é, porém mais importante que vós todas, pois foi a ela que eu reguei. 
Foi a ela que pus sob a redoma. Foi a ela que abriguei do vento. 
Foi dela que eu matei as larvas (exceto duas ou três por causa das borboletas). 
Foi a ela que eu escutei queixar-se ou gabar-se, ou mesmo calar-se algumas vezes. 
É a minha rosa. 

É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos. 

- Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas. 

- O que eu vejo não é mais que uma casca. O mais importante é invisível...

- Os olhos são cegos. É preciso buscar com o coração... 

- A gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixou cativar...  

- Tu sofrerás. Eu parecerei morto e não será verdade.
..Será apenas uma velha casca abandonada. Uma casca de árvore não é triste... 
Tu compreendes. É longe demais. 
Eu não posso carregar esse corpo.  É muito pesado.
..................................................
Assista a um pedacinho do filme:

........................................
Todas as frases e ilustrações foram trabalhadas a partir do livro O Pequeno Príncipe,
com intuito de incentivar a ler, reler e presentear.
Nada substitui a experiência da leitura, que é a mesma da imaginação.
Autor:  Antoine de Saint-Exupéry, 
Editora:     Editora Agir 
Fonte: Wikipedia
................................
Gostou? 
Dê uma força pra gente, compartilhe e deixe seu comentário. 
É muito bom ter você aqui!